Gestão da Carreira: fazer sozinho ou com ajuda profissional?

Cuidar da vida profissional é fundamental para que se possa acompanhar o desenvolvimento da carreira. As escolhas que são feitas no início, as empresas em que se trabalhou e até os projetos de que participamos podem impactar no desenvolvimento da carreira profissional. Por isso, fazer a gestão de carreira é algo muito importante, para que se faça as escolhas mais assertivas, baseado nos seus objetivos, sonhos e desejos.

Assumir o compromisso de gerenciar a carreira acaba sendo um diferencial em relação a outros profissionais porque é a demonstração de comprometimento e maturidade, já que há uma percepção maior dos caminhos que você vai seguir profissionalmente. Essa postura proporciona muitos aprendizados, além de autoconhecimento, é claro!

Não se pode terceirizar a gestão da própria carreira. É possível contar com a ajuda de um especialista no tema, mas não se pode dar a outra pessoa o poder de decisão sobre o próprio caminho profissional. A ajuda pode ser útil em situações específicas, como na hora de tomar uma decisão importante ou no momento de mudança de carreira, mas a decisão final é sempre sua.

Desenvolvendo sua carreira profissional

Para se desenvolver uma carreira é preciso tempo, por isso o planejamento – e a gestão – são fundamentais. Definição de metas, como atingi-las, o caminho a seguir… veja alguns itens que precisam ser considerados:

  • Estabelecer objetivos;
  • Alinhar objetivos e cenário;
  • Desenvolver ações com base no cenário (que medidas adotar?);
  • Ver as possibilidades de atuação dentro do cenário;
  • Concretizar o plano e acompanhá-lo com cuidado para, se for necessário, fazer alterações.

 

Gerenciamento de carreira pede comprometimento

Para iniciar e sustentar uma carreira é preciso estudo. Toda vida profissional será baseada e desenvolvida no aprendizado que é constante. Planejar e gerenciar a carreira implica também listar o desenvolvimento de competências necessárias e que são exigidas do profissional (cenário).

Para se fazer uma boa gestão da carreira é fundamental que o profissional se conheça. Por isso, em algum momento do seu planejamento, será importante poder contar com a ajuda de um profissional, alguém que você admire e possa ajudar você nessa empreitada.

O autoconhecimento pede coragem porque é preciso fazer uma intensa e sincera análise pessoal. É preciso fazer uma reflexão honesta sobre suas qualidades pessoais: no que você é bom? O que precisa melhorar? Como e onde buscar ferramentas que ajudem você a aprimorar suas melhores características?

Siga um roteiro simples que o ajude a responder perguntas simples como:

  • O que fazer para corrigir tal aspecto da minha personalidade, por exemplo?
  • Como essa minha característica pode alavancar (ou prejudicar) o desenvolvimento da minha carreira?
  • Como posso mudar isso? Devo realmente mudar nesse aspecto?

O desenvolvimento de carreira pede que você esteja bem informado sobre os conceitos relativos à vida profissional. Assim é possível definir estratégias e objetivos, mas sem esquecer a vida pessoal e familiar, exatamente porque esses aspectos têm impacto direto na vida profissional.

Outro item que deve ser avaliado é que contar com a ajuda de um profissional não significa ignorância ou incompetência. Ele pode ajudá-lo a ver aspectos que, por estar envolvido emocionalmente no assunto, você não consegue ver.

Mas não esqueça: contando ou não com ajuda de um profissional, a decisão final sempre deverá ser sua!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *